Votorantim Cimentos é a melhor empresa da indústria de construção no Brasil, segundo a revista Exame

Reconhecimento foi concedido pela Revista Exame

Votorantim Cimentos foi eleita a melhor empresa do setor da indústria de construção no Guia Exame Melhores & Maiores. A publicação, uma parceria da Editora Abril com a Fipecafi, é um dos principais levantamentos sobre o mercado corporativo do País e está em sua 41ª edição.

A empresa registrou resultados robustos em 2013: recorde de produção, crescimento de vendas maior do que a média do mercado aumento de 29% na receita líquida e um lucro líquido de R$ 1,4 bilhão. O desempenho operacional, beneficiado pelos vigorosos resultados nas operações da Europa, África e Ásia, foi fundamental para vencer nesta edição. Pela quinta vez consecutiva a companhia fechou um ano com lucro acima de R$ 1 bilhão.

A receita líquida da companhia saltou de R$ 9,4 bilhões, para R$ 12,1 bilhões de 2012 para 2013. Já o Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) ficou em R$ 3,5 bilhões, ante R$ 3,1 bilhões no ano anterior. Esses resultados contribuíram para coroar a Votorantim Cimentos, em abril de 2014, com o Grau de Investimento em escala global pelas agências de risco S&P, Moody's e Fitch, fazendo dela a única empresa brasileira do setor de cimento a obter essa avaliação.

Outro destaque foi a consolidação da integração das operações internacionais, processo em linha com a estratégia de construção de uma cultura empresarial única. “Vamos atuar cada vez mais com vários 'sotaques', nos 14 países em que estamos presentes, mas com uma só voz e o espírito de um único time. Estamos construindo uma empresa global, voltada para as pessoas, focada no cliente, direcionada à performance e excelência operacional, com um ambiente inspirador e de diálogo aberto”, afirma Walter Dissinger, CEO Global da Votorantim Cimentos.

Em 2013, a Votorantim Cimentos também investiu R$ 10,4 milhões em iniciativas de Responsabilidade Social junto às comunidades onde atua, com objetivo de fomentar o desenvolvimento local por meio do crescimento da economia de cada região.

Para 2014, a empresa seguirá em frente com o maior plano de investimento de sua história, iniciado em 2007 e totalizando R$ 11 bilhões até 2016, além do plano 8/18, que consiste em adicionar 8 milhões de toneladas de capacidade produtiva até 2018.

A solenidade de premiação do Guia Exame Melhores & Maiores foi realizada nesta segunda-feira (16/06), em São Paulo (SP), e destacou 18 empresas de diversos segmentos da indústria. Para a premiação, foram avaliados os dados de mais de 3.000 empresas, além dos maiores grupos privados do País, a partir de demonstrações financeiras individuais e não consolidadas. Para elaborar a lista das 500 maiores empresas e mais uma lista complementar com outras 500, totalizando 1.000, o critério de classificação utilizado corresponde ao das vendas líquidas.

O projeto inclui pontuação de diversos ângulos da excelência empresarial (Rentabilidade do patrimônio, Liquidez Corrente, Riqueza Criada por Empregado, Crescimento de Vendas e Liderança de Mercado), pelos quais são escolhidas as melhores empresas de diversos setores da economia. Além dos pontos obtidos nesses cinco indicadores, a empresa pode somar bônus por ter se destacado em outro anuário de Exame (Guia Exame de Sustentabilidade e Guia Exame - As Melhores Empresas para Você Trabalhar).

Exame Melhores & Maiores apresenta ainda diversas outras listas de empresas, organizadas por setor da economia, região do País, estado, origem de capital e uma série de comparações de desempenho: maiores por patrimônio, maiores lucros, maiores prejuízos, as que mais cresceram, as que mais encolheram, as mais e as menos rentáveis, as mais e as menos endividadas, as de maior liquidez, as maiores por capital circulante, as maiores empregadoras, as maiores por receitas líquidas, as que entraram no vermelho, as que saíram do vermelho, as que mais pagaram impostos, as que mais investiram no imobilizado, as que mais pagaram salários, as que mais criaram riqueza e as maiores criadoras de riqueza por empregado e as mais produtivas

0