Votorantim Cimentos é a primeira empresa do setor no Brasil a produzir Declarações Ambientais de Produto.

A Votorantim Cimentos obteve, por meio do The International EPD® System, declarações ambientais para cinco produtos de seu portfólio, em linha com o plano estratégico de sustentabilidade da companhia. Com essas declarações, que avaliam os impactos ambientais dos produtos ao longo de todo seu ciclo de vida com posterior asseguração de terceira parte, a empresa passa a ser a primeira do setor no Brasil a obter as declarações e a primeira companhia brasileira a registrá-las no programa internacional.

O EPD consiste em um relatório com informações quantitativas de impactos ambientais associados a produtos e/ou processos, por meio da avaliação de todas as fases do seu ciclo de vida, desde a extração da matéria-prima, fabricação, transporte, distribuição e uso até o destino final, resultando em declarações transparentes com as informações globais desses produtos.

Além de atestar os impactos ambientais envolvidos em todo o processo de produção abrangendo 24 categorias, as declarações contribuem para incentivar a prática da análise do ciclo de vida não somente no setor de cimentos, mas em toda a cadeia de fabricantes e fornecedores da construção civil, a favor da construção sustentável.

Com isso, as construtoras, que são os principais clientes da Votorantim Cimentos, garantem um passo à frente para a obtenção de certificações de construções sustentáveis, como o LEED e o AQUA.

"As empresas da cadeia produtiva estão se movimentando em relação aos conceitos sustentáveis de forma integrada, visando trazer mais ecoeficiência aos seus produtos através de processos de avaliação de ciclo de vida", afirma a Gerente Global de Relações Institucionais Ambientais da Votorantim Cimentos, Patrícia Montenegro.

A iniciativa começou a ser discutida em 2014 no âmbito da Cement Sustainability Initiative (CSI), que reúne as 25 maiores produtoras de cimento na busca pelo desenvolvimento sustentável. Na ocasião, a CSI, em parceria com uma empresa suíça, desenvolveu uma ferramenta de avaliação do ciclo de vida dos produtos fornecidos pela cadeia de suprimentos para o setor.

As declarações oferecem ainda à empresa a possibilidade de inovar, visto que a avaliação do ciclo de vida do produto aponta oportunidades de melhoria no processo produtivo, como redução de energia e de custos e gestão de resíduos.

De acordo com a pesquisa "World Green Building Trends", realizada esse ano, o número de construções sustentáveis cresce de duas a seis vezes a cada três anos, dependendo do país. No Brasil, a expectativa para os próximos três anos é de que o ritmo de crescimento passe de 6% para 36%.

As declarações publicadas ficam disponíveis no sistema internacional EPD®.

Foto Case EPD.png